Menu

Vera Verônika rima sobre problemas políticos e sociais do Brasil em 'Pátria Amada'

04 DEZ 2018
04 de Dezembro de 2018

A rapper brasiliense Vera Verônika mira sua música em uma denúncia à passividade com os problemas sociais do Brasil e como vários deles são reflexões de uma corrupção sistêmica. Seu novo clipe “Pátria Amada” faz parte do DVD “Vera Verônika 25 anos” e chega agora ao YouTube.


O vídeo foi gravado nas ruas de São Sebastião, cidade satélite de Brasília, e na Unidade de Internação de Jovens Infratores da cidade (UISS), contando com participação de jovens internos integrantes do projeto Orquestra de Violinos da UISS. O clipe também oferece tradução em linguagem de sinais (Libras) para deficientes auditivos. Quem assina a produção da faixa é Higo Melo.

Vera Verônika sempre usou sua música como plataforma para discutir questões sociais. É o caso alguns dos seus mais recentes clipes: “Genocídios” trata dos jovens negros executados nas periferias, enquanto “Profissão Perigo” fala dos desafios de ser professor. No novo vídeo, o alvo a ser superado é muito maior.

“Essa música faz um apelo aos brasileiros para lutarem juntos pelos seus direitos básicos de saúde, educação, segurança e moradia”, conta Vera Verônika.

Ela entende bem a definição de superação. Rapper, compositora, mantenedora de abrigo infantil, pedagoga, empreendedora e consultora nas causas de Direitos Humanos, Vera Verônika sempre foi muitas mulheres. Uma das pioneiras no rap nacional e primeira rapper feminina do Distrito Federal, Vera encontrou na cultura do hip hop a força necessária para lutar contra tudo o que parecia injusto. A artista segue revelando novas faixas e clipes após lançar, este ano, o DVD “Vera Verônika 25 Anos” e o álbum “Afrolatinas”.


Por: Nathália Pandeló Corrêa

Voltar

Confira as nossas redes sociais

Tenha também o seu site. É grátis!