Menu

Folk made in Belém do Pará: conheça Aurora Boreal e o álbum 'Pedaços'

19 OUT 2018
19 de Outubro de 2018

Em uma mescla de luz, energia e novos ares, o projeto Aurora Boreal mira no horizonte e além ao lançar o seu disco de estreia, “Pedaços”. Liderado pela musicista e compositora Erika Silva, o trabalho amplia o universo dos seus primeiros EPs e soma ao cenário do folk nacional direto da efervescente cena de Belém do Pará. O álbum está disponível em todas as plataformas de streaming.


O Aurora Boreal surgiu em 2015 e se destacou no I Festival Cultura de Música, da Rádio Cultura FM, além de ter tocado ao lado de Madame Saatan, Euterpia e Stereoscope. Em 2005, após o fim de uma banda rock alternativo, Erika passou a se dedicar a releituras de artistas que se tornaram suas maiores referências - Fleetwood Mac, James Taylor, Carole King, Joni Mitchell, Travis, The Corrs, Secos e Molhados, Belchior e outros.

Alguns anos depois, decidiu dar vida às suas composições guardadas à espera de gravação. Foi pela internet e à distância que o duo começou a trabalhar suas primeiras canções. Ainda no primeiro ano, a banda disponibilizou o EP “Uma Cor”, entregando a simplicidade e minimalismo inerentes ao projeto.

Em 2016 viria o segundo EP, “Nunca mais, pra sempre e até mais”, levando a banda a participar do Festival Folk Music Brazil, ao lado de nomes como PEDRO, Folk na Kombi e Pagan John. 2018 trouxe o primeiro álbum completo, “Pedaços”. Ao longo de suas 11 faixas, o trabalho entrega canções intimistas com Erika se dividindo entre violão, guitarra, sintetizadores, ukulele, gaita, cajón e escaleta, além de assinar a produção musical.

Ainda em 2018, a artista levou o som do Aurora Boreal a Londres, onde se apresentou em dois clubes de folk: Morris Club e Cecil Sharp. Inspirada pelo nome do projeto, agora Erika Silva mira mais alto com a divulgação do novo disco, clipes e shows.


Por: Nathália Pandeló Corrêa
Foto: divulgação

Voltar

Confira as nossas redes sociais

Tenha também o seu site. É grátis!