Menu

Pessoas que dropam os sonhos

28 SET 2018
28 de Setembro de 2018

Eu estava na Cohab, de cama, com crise de asma e deprê
Mas fui à festa, fui por que sabia que Stela estaria lá
LUIZ BRASIL estava lá
Ela estava lá com uma amiga que não lembro o nome
Gostaria de lembrar. Ela sempre ia pra Portugal pra nunca mais voltar
Elas eram lindas, eu era um escroncho, com uma calça Adidas 3 números maior
Eu usava remédios de emagrecer pra ligar. Também era bom não ter fome
Eu era um romântico sonâmbulo e estava deslocado com tanta euforia
Tanta eletricidade universal- que horror infanto-paradoxal -eu de pavor tombaria
Não fosse o conhaque que Stela me trouxe - ela dançava como quem luta boxe
Eu disse te amo, ela disse pode crê
A festa era na Casa dos Estudantes. Pra mim, era a casa da morte dos amantes
Sentei no pátio com a melancolia que do éter absorvo. Eu era o estorvo
Stela sorriu, me beijou e saiu. Era o início de dias doloridos e radiantes
LUÍS BRASIL sentou do meu lado e me deu um desenho
Que infelizmente eu já não tenho.


Arte: Rafael Carlos
*LUIZ BRASIL: artista plástico, mito gigante de SÃO HELL.

Imagens Casa dos Estudantes por Tavineia Carcuchinski

Everton Luiz Cidade é músico e escritor. 
Publicou os livros: Santo Pó/P, O Bonde Transmutóide, QuiÓ e ApareCida.

Voltar

Confira as nossas redes sociais

Tenha também o seu site. É grátis!