Menu

Julieta Brandão une poesia, MPB e música latina em single político de novo EP.

02 JUL 2018
02 de Julho de 2018

Cinco anos após aquele junho de 2013, seus efeitos continuam vivos e fortes na vida social e política do país. Na arte não podia ser diferente. O primeiro single do novo trabalho da carioca Julieta Brandão reflete esse momento.
“Torso” estará em um EP da artista em parceria com o selo Cantores Del Mundo e a canção acaba de ganhar um vídeo.


“‘Torso’ foi escolhida como single pelo momento político que vivemos. É uma música densa, que faz referência às manifestações de 2013. A preocupação social e política sempre fez parte do meu repertório”, conta Julieta.

A letra foi escrita como um poema por Liv Lagerblad e foi musicada por Arthus Fochi. A canção ganha contornos de spoken word quando a própria autora surge declamando um outro texto, uma intervenção em forma de resposta à sua poesia original.

“Torso” aponta um ponto de virada na carreira da artista, que é cantora profissional há mais de 10 anos. Após anos dedicados ao samba e à música regional que geraram o álbum “Viramundo” (2016), ela busca um caminho estético diferente no novo trabalho.

“O ‘Viramundo’ era um disco regional, com arranjos elaborados e choro, samba e forró. Nesse EP a gente buscou uma linguagem mais minimalista, experimental. A ideia foi trazer novas estéticas a partir de compositores da cena carioca” explica a cantora.

Fazer uma ponte e promover a proximidade entre novas vozes de toda a América Latina é a meta da Cantores Del Mundo: combater essa sensação de isolamento, de que o Brasil é uma enorme ilha no meio de países hispânicos. Fundado por Tita Parra, neta da lendária Violeta Parra, o selo está sendo consolidado com a direção de Fochi e do produtor musical Guilherme Marques.


Por Edson Kah via Nathália Pandeló Corrêa
Foto: Gus Bomfim

Voltar
Tenha você também a sua rádio