Menu
Disponível no Google Play

BEL lança single com participação de artistas argentina e portuguesa

20 NOV 2017
20 de Novembro de 2017

Foi no meio do ano que BEL decidiu desbravar a América Latina. Sozinha, ela levou a turnê do disco “Quando Brinca” para países como Uruguai e Argentina. Foi durante a viagem que compôs a letra de “O Gole que Presta”, primeiro single lançado após o trabalho de estreia. Multicultural, a composição une três países em uma mesma canção: Diaba Suja, de Portugal; Martin Longoni e Melina Xilas, da Argentina; além de BEL, brasileira e carioca. O single lançado pela Sagitta Records já se encontra disponível nas principais plataformas de streaming.


Foram três meses de turnê. Durante este tempo, foi com a artista lusitana Diaba Suja que BEL dividiu uma casa. Muito mais do que as experiências, elas resolveram compartilhar também uma faixa. “Lembro da gente no quarto dela, numa madrugada dessas, jogadas no colchão brincando de fazer música - ô coisa boa!”, relembra BEL.

A música “O Gole que Presta” surgiu após o convite de Martin Longoni, produtor argentino, dono do estúdio La Vaquita. Foi após assistir ao show da cantora em Buenos Aires que ele a convidou para compor algo para uma base que havia criado. BEL já tinha os versos prontos, e foi com a ajuda de Diaba Suja que ela finalizou a canção. Durante o processo, ela ainda convidou a saxofonista Melina, que a acompanhou em alguns shows da turnê e gravou a flauta.

Criada em múltiplas mãos e múltiplas culturas, “O Gole que Presta” absorveu a vivência de BEL na América Latina, tornando-se uma música rica de influências, exaltando o que há de melhor na relação entre as diferentes etnias que ajudaram a construir a canção.

“Posso dizer que todas as minhas vivências atravessam o modo como eu penso minha produção artística. Nesse caso, não poderia ser diferente. Tive a oportunidade e a felicidade de encontrar muitos artistas durante essa turnê e de trocar muito com essas pessoas, seja compondo, seja tocando junto, seja conversando e tomando um mate. Todos esses encontros me atravessaram bastante e provocaram transformações em mim. De uma forma geral, foi lindo me sentir identificada com a irmandade latinoamericana. Gosto desse elo, e penso que ele deve ser fortalecido sempre. Também foi lindo ver tudo que nos difere também, as trajetórias sócio-políticas, as culturas”, orgulha-se a cantora.

A canção “O Gole que Presta” foi gravado no La Vaquita Estudio, em Buenos Aires (AR), com os vocais de BEL gravados no estúdio Frigideira, no Rio de Janeiro. Participam da faixa Melina Xilas, na flauta, e Martin Longoni, nas guitarras, programações e sintetizadores. O disco de estreia de BEL, “Quando Brinca”, foi lançado no início do ano e  testa os limites da canção popular, unindo tons eletrônicos, da MPB e de jazz para refletir o feminino e o mundo que cerca a mulher contemporânea.

A turnê na América Latina levou a cantora a apresentar-se no festival feminista argentino Dilda e, na capital uruguaia, pelo festival Las Noches Bárbaras, um evento gratuito realizado no CCE Montevidéu. Foram mais de uma dezena de shows, todos tirando a artista de sua zona de conforto, subindo ao palco acompanhada apenas de sua guitarra, loopstation, kaossilator e voz.

Ouça O Gole que Presta: http://bit.ly/BelOGQP
Spotify: http://bit.ly/BelOGQPSpotify
Deezer: http://bit.ly/BelOGQPDeezer
Google Play: http://bit.ly/BelOGQPGoogle
YouTube: http://bit.ly/BelOGQPYT
iTunes: http://bit.ly/BelOGQPApple

Por Edson Kah via Júlia Ourique

Voltar
Tenha você também a sua rádio