Menu

Components lança álbum de estreia “A Capacidade de Retornar ao Estado Original”

06 OUT 2017
06 de Outubro de 2017

É olhando para o futuro que o quarteto goiano Components fala de retorno, origens e o papel da maturidade nas transformações da vida no seu aguardado álbum de estreia. A banda apresenta em “A Capacidade de Retornar ao Estado Original” o frescor de suas composições, calcadas ora em instrumentações complexas, ora na simplicidade de temas cotidianos - de amores e decepções às mazelas do mundo.

Foto por Pedro Margherito 

O trabalho é um retrato do Components entre a efervescência das ideias iniciais do projeto e a maturidade que já começou a surgir ao fim do longo processo da gravação de um disco. Canções como “Colisão Lunar” representam a fase inicial da banda, trazendo estrutura mais simples e uma aura mais alegre, enquanto a faixa-título e outras composições mais recentes apresentam uma musicalidade mais complexa que as anteriores, além de contar com uma visão conceitual mais estruturada.

Desde o início da banda, em 2015, o Components se prepara para lançar suas primeiras canções. O álbum se tornou possível quando o grupo recebeu o apoio do Fundo de Arte e Cultura de Goiás, com as demos sendo gravadas no Complexo Estúdio já no início de 2016. Gustavo Vazquez assumiu a produção e logo em seguida as gravações foram iniciadas no RockLab, em Pirenópolis e posteriormente em Goiânia. O processo, que seguiu até novembro do ano passado, entrou na fase final no início de 2017, quando o próprio Gustavo realizou a mixagem e masterização do material. 

Ao fim dessa longa trajetória, de concepção ao lançamento, a banda vê com naturalidade a temática a que remete o título do trabalho. A capacidade de retornar ao estado original é, mais que uma volta ao passado, um reconhecimento da bagagem e experiência que o Components já traz. 


O álbum chega após o lançamento dos singles “Seja Meu” e “Utopia”, o último com participação especial de Beto Cupertino, do Violins (GO), e lançado com um vídeo. Em “Hipercosmo” e “Jardim dos Gigantes”, surge a segunda voz convidada: Patrick Maciel, da banda Bolhazul (DF). “Três Quadros” e “Fechado”, embora assinadas pela banda, são inspiradas por poemas de Lucas Bonfá (irmão do vocalista Matheus), enquanto “Sideral” traz Fabius Augustus como co-autor, que também participou do arranjo da faixa. Outra parceria lírica de destaque é Germano Pomba, que participou da criação das letras em sete das 11 músicas.

Em apenas dois anos de história, o Components chega ao primeiro álbum como um dos expoentes da cena rock goiana. A banda já passou por palcos importantes como Bananada e Grito Rock e fez parte da programação cultural das Paralimpíadas 2016, se apresentando na Fundição Progresso, uma das casas mais icônicas do Rio de Janeiro. Mais recentemente, marcou presença nos showcases da última edição do Vaca Amarela e se prepara para sair em turnê com “A Capacidade de Retornar ao Estado Original”.

Ouça o álbum:

Por Edson Kah via Nathália / Build Up


Voltar
Tenha você também a sua rádio