Menu

Danzee une pop alternativo com conceitos da yoga em disco 'Autobiografia de um Iogue Subversivo'

21 MAI 2019
21 de Maio de 2019

Projeto musical do multi-artista soteropolitano Dan Medrado, Danzee une pop, alternativo, teatralidade e conceitos da yoga em sua estreia “Autobiografia de um Iogue Subversivo”. O álbum surgiu como resultado da pesquisa para o trabalho de conclusão do curso de formação em Hatha Yoga e está disponível em todas as plataformas de streaming.


Radicado em São Paulo, Dan começou sua carreira em Salvador e já circulou pelas cidades de São Paulo, Fortaleza, Nova York e Buenos Aires. Formado em Produção Audiovisual e especializado em Animação 3D com Efeitos Visuais, ele trabalha também com teatro e artes visuais. A produção musical é sua nova faceta e se torna mais uma vertente de sua expressão artística.

“A pesquisa em si começou sendo um estudo acerca dos chakras, bem como das suas relações com ritmos e sons. Ela tomou um novo formato quando se expandiu para os Yamas e Niyamas até se tornar um álbum autobiográfico”,
conta o artista.

Com produção musical do próprio Danzee, “Autobiografia de um Iogue Subversivo” começa com o poema “Hoje”, como uma introdução que guia o ouvinte ao passado do artista e caminha sobre essa busca interna pela iluminação. E com isso, teve contato com o lado “escuro”, com seus defeitos, ansiedades, medos e frustrações e passou a ver isso de outro modo.

“Decidi quebrar a ideia de que um iogue é um ser cem por cento iluminado. Além de isso ser impossível, é algo que eu faço questão de não ser. Sem contar que essas coisas que são classificadas como ‘sombras’ são atrativas a mim. Não existe luz sem sombra e não existe sombra sem luz. A ausência de um dos dois não permeia nossa natureza”, conta Danzee.

Debatendo a necessidade de humildade e auto-conhecimento, o disco também dialoga de modo crítico com quem usa os aprendizados do yoga para conquistar likes nas redes sociais. “Todos nós conhecemos alguém assim, até eu mesmo já me vi muitas vezes. Mas toda essa questão do yoga, natureza e afins tem uma importância para mim”, conclui ele.

O álbum conceitual foi apresentado em uma performance no Teatro Gil Santana, em Salvador, como o trabalho de conclusão do curso de Medrado e chega agora às plataformas de streaming.


Por Nathália Pandeló Corrêa
Fotos: Carol Mendonça

Voltar

Confira as nossas redes sociais

Tenha também o seu site. É grátis!