Menu

A reconexão da música popular brasileira com Haynna e Os Verdes

12 MAI 2019
12 de Maio de 2019

Formada em 2013, atualmente, a Haynna e Os Verdes é integrada, por Haynna (vocais), Betinho Matuszewski (guitarra), Rian Sodré (baixo), Jhonata Morais (bateria) e Daniela Vieira (teclado), músicos de diversas vertentes musicais que compõem o grupo.

Haynna e Os Verdes é considerado um dos principais grupos de música contemporânea brasiliense, executa composições próprias e apresenta matizes da reconexão da música popular brasileira, com a psicodelia sessentista, mesclando-se com outros estilos como o blues, o jazz, o brega e o rock and roll. Todos embasados pelo lirismo poético das letras que apresentam como principal essência temática as emoções, os relacionamentos, a existência e a resistência artística. 

Com a voz marcante da linha de frente, Haynna, inconfundível pelos drives e extensão vocal, as composições do trabalho “Haynna e os Verdes” já possui grande aceitação do público. Isso porque a banda executa as músicas por várias cidades e possui como principal objetivo, a divulgação da música autoral, ao maior número de pessoas, ocupando espaços, com representatividade e música de qualidade.

Foto: Thaís Mallon

Dentre as já conhecidas pelo público estão as músicas “Love Song” e “Retrato Falado”, expressadas pela bela voz da cantora Haynna. Esses dois singles foram selecionados entre as 50 músicas do consagrado Festival da Nacional FM.

Em resposta ao público, e como resultado deste espectro cultural incrível, em 2017, o grupo gravou o DVD “Haynna e os Verdes”. O show inédito teve produção musical de Haynna e Betinho e será lançado em breve.

Importante destacar ainda que em 2018, a Secretaria de Estado de Cultura do DF entregou o Prêmio do Fundo de Apoio à Cultura (FAC) a agentes culturais que tenham prestado relevante contribuição ao desenvolvimento artístico ou cultural do Distrito Federal, e a artista Haynna foi uma das personalidades contempladas na categoria "Equidade de Gêneros na Cultura", por contribuir para o protagonismo feminino, a redução das desigualdades de gênero e a reapropriação das narrativas.

No mesmo ano, a Haynna e Os Verdes gravou disco homônimo no Estúdio Refinaria Discos, em outubro de 2018, lançado em 23 de novembro de 2018 e disponibilizado em todas as plataformas e mídias digitais.

O show de lançamento do álbum foi realizado na semana da consciência negra e contou com artistas renomados do Distrito Federal: Lídia Dallet (rapper), com o projeto Ceilândia Latin Jazz; Dillo D’Araújo com o projeto Guitarráfrika (instrumental) e a Haynna e Os Verdes que encerrou a noite. O protagonismo negro e as múltiplas linguagens foram o destaque do evento que também contou com a apresentadora Maria Gabrielli Andrade, a intérprete de libras Bárbara Barbosa e toda a equipe técnica representada de forma expressiva por pessoas negras.

O disco com 11 faixas foi indicado em duas categorias do PPM, Prêmio Profissionais da Música 2019, como melhor intérprete de rock e melhor intérprete de blues.

No ano de 2019, o grupo lançou o videoclipe das músicas “Pão de Lú/Insônia”, com concepção de Haynna e direção de Thaís Mallon, escolhido pelo site Hits Perdidos como um dos melhores lançamentos de março de 2019.

Voltar

Confira as nossas redes sociais

Tenha também o seu site. É grátis!